EDSApontamentoAtualizaçõesAo VivoEmissorasFEEDsNotíciasReportar AtualizaçãoSatélitesKinghostADMEspañol

EDS

Diga não a Pirataria!
Sintonize somente canais de TV aberta.

Pesquisar em todo site:

Emissoras:

Notícias | EDS Blog

Este texto foi publicado em 11/03/2020 às 13h35.

Compartilhamento de headend é opção rentável para o ISP no mercado de TV por assinatura

Serviço diminui custos e incentiva a entrada de novos players no mercado.

O compartilhamento de headend é realidade e modelo de negócio para dezenas de provedores de internet obterem o produto de TV por assinatura em todo o Brasil. O formato tem se destacado no setor por conta da diminuição dos custos de operação e agilidade na criação do serviço. A MultTV, uma das empresas que oferece o sistema, registrou um crescimento considerável: a companhia, que atualmente possui 40 clientes no Brasil, passará a contar com 70 até o final deste ano, um crescimento superior a 75%.

Headend é uma central de recepção e processamento de mídia necessária para a operação dos serviços de TV paga, que recebe os sinais de canais variados e os transmite com qualidade para a casa do assinante. Com o formato de compartilhamento, os valores da operação são divididos e tornam-se acessíveis. “Nós simplificamos e apoiamos o provedor desde a fase de implantação e até a operação do produto de TV por assinatura, reduzindo em mais de 80% o custo de implantação e diminuindo em 50% o tempo de lançamento”, explica Osmir Henrique Petrini, presidente da organização.

A distribuição dos sinais é feita por meio de satélite da empresa SES e atinge por Banda C cerca de 99% do território nacional, transmitindo emissoras como Discovery Channel e ESPN em alta definição (HD). Atualmente, a MultTV é responsável por levar o serviço para diversas regiões do país, como Santarém (PA), Vale do Paraíba (SP) e o interior gaúcho.

Crescimento de mercado

Companhias de todo o país têm celebrado grandes resultados ao oferecerem mais um serviço aos assinantes, já que anteriormente comercializavam apenas telefonia e internet. “Nossos parceiros tem em média uma adesão de 15%, chegando a 30% em alguns casos, de planos de TV vendidos juntamente com a banda larga. Outro ganho importante que acompanhamos é o crescimento de vendas de pacotes de internet, devido a associação da marca do provedor com programadoras como Discovery, Disney, Band, Turner e Viacom”, conta Petrini.

Além das perspectivas de mercado, a MultTV também planeja neste ano disponibilizar serviços variados ao consumidor, como Multitela e Video On Demand (VOD).

Mudanças no setor

Em fevereiro, a Algar Telecom encerrou as operações de seu serviço de televisão por assinatura, que contava com cerca de 68 mil clientes nos estados de São Paulo e Minas Gerais. Em 2019, a Vivo passou a dar enfoque ao modelo de transmissão via fibra ótica, que atinge um menor número de municípios, quando comparado ao DTH (conhecido pela utilização de pequenas antenas na casa do assinante).

As mudanças refletem o atual momento do mercado, em que as grandes empresas enfrentam o alto custo para ofertar o produto via satélite, por meio de central individual.

Com o fim da comercialização da tecnologia DTH e a ausência de grandes operadoras, as companhias regionais, que já ofereciam internet banda larga e telefonia, passaram a disponibilizar televisão por assinatura. O grupo de pequenos provedores tem alcançado grandes resultados inclusive, levando produtos de qualidade em locais onde existe a ausência das gigantes do setor.

Sobre a MultTV

A MultTV é uma empresa especializada em compartilhamento de headend que busca viabilizar a oferta de TV por assinatura a custos acessíveis. A companhia, que opera desde 2015, tem um modelo de negócio único, atuando em parceria com a SES (empresa de satélites reconhecida mundialmente) e com o apoio da Associação NEOTV e de grandes programadoras.

Bem-vindo(a) ao site! - Que Deus abençoe vosso trabalho e vossa família!

Portal Exploradores de Satélites, todos direitos reservados.
Em nossa comunidade é proibido falar de pirataria, quem insistir, será expulso. Somente sintonize canais com transmissão aberta (livre) via satélite! Também são proibidas cópias sem citar autor e link do conteúdo. Proibida remoção da fonte por parte dos fóruns, caso a Administração ou Moderação remova a fonte, fica expressamente proibido deixar o texto da notícia.

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
Resolução 1024x768px - Navegador Firefox 3.6, Internet Explorer 8, Opera 10 ou versões superiores.

"Salmos, 138:7 - Se ando em meio à tribulação, tu me refazes a vida; estendes a mão contra a ira dos meus inimigos; a tua destra me salva."